band.com.br

Tamanho de fonte
Atualizado em sábado, 16 de abril de 2011 - 00h12

Erva Pholia Negra emagrece, mas não pode ser ingerida como remédio

O resultado da pesquisa certificou que a planta pode reduzir o sobrepeso em mais de 10%
Estudo concluiu que a erva é eficaz como emagrecedor, mas ela ainda não é registrada pela Anvisa  / Foto: Divulgação Estudo concluiu que a erva é eficaz como emagrecedor, mas ela ainda não é registrada pela Anvisa Foto: Divulgação

Emagrecer nunca foi fácil. Por isso muitas pessoas recorrem a medicamentos que ajudam na corrida contra o peso.

Agora, quem deseja perder peso ganhou um aliado que, segundo pesquisa da USP, é eficiente: a erva Pholia Negra, um fitoterápico derivado do extrato de uma planta de origem indígena.

No entanto, antes que você corra para a farmácia mais próxima, é importante saber que a Anvisa ainda não liberou o medicamento. Segundo o diretor de pesquisa e desenvolvimento do grupo Pharmacopéia, Fernando Luna, a erva Pholia Negra não é um produto acabado, ele é um insumo.

“A erva não é um produto acabado e nem um medicamento registrado na Anvisa. Ela não pode ser ingerida como tal. Hoje a erva só pode ser tomada diante um atestado médico e encontrada em uma farmácia de manipulação”, explica.

No site: http://www.pholianegra.com.br/ é possível encontrar uma seção de farmácias homologadas que podem manipular PholiaNegra.

Um estudo feito pelo Departamento de Patologia da FMVZ (Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia) da USP em São Paulo testou durante dez meses a Pholia Negra. A professora da USP e coordenadora dos testes, Maria Martha Bernardi, diz que “o estudo teve como objetivo principal verificar se a erva emagrece realmente e se apresenta efeito colateral e toxicidade”.

O estudo concluiu que a erva é eficaz e segura como emagrecedor, além de ter propriedades farmacêuticas e nutricionais com efeitos terapêuticos e cosméticos. Bernardi explica o procedimento. “Nós fizemos um estudo pré-clínico, como deve ser feito com qualquer outro medicamento ou substância antes de ser passado para o uso do ser humano. Nossa simulação foi feita com dois grupos de ratos que passariam a comer rações hipercalóricas, depois de um mês retiramos essa alimentação e em um grupo demos a planta e em outro não”.

“Os animais que receberam o fitoterápico realmente perderam bastante peso e não apresentaram nenhum sinal negativo como enfraquecimento ou até mesmo morte.” diz a especialista.

O resultado da pesquisa certificou que a planta pode reduzir o sobrepeso em mais de 10% e que também é eficaz na redução de peso em 30 dias. Além disso, não apresenta nenhum sinal de toxicidade e efeito colateral durante o tratamento.

A especialista ainda lembra que “além do efeito emagrecedor, o extrato possui várias atividades biológicas, como efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios, mas eles ainda precisam ser estudados com detalhes”.

Resultados da Pholia Negra

- retarda o esvaziamento gástrico acelerando a plenitude gástrica (sensação de saciedade);

- promove manutenção do peso eliminado por até 12 meses;

- altera o metabolismo de ácido graxos e de glicose, diminuindo a formação de gordura visceral;

- reduz o quociente respiratório, indicando aumento da oxidação de gordura;

- reduz o sobre-peso em 10% (DPP 10%).

“É importante lembrar que não existe mágica, regime tem que ser feito com ginástica, atividades físicas e uma reeducação alimentar. O fitoterápico é apenas um auxiliar no processo de emagrecimento, como todos os outros remédios”, conclui Bernardi.    

Cadastrando-se em nossa newsletter, você receberá diariamente em seu e-mail as últimas Notícias do Band.com.br
Aceito receber e-mails da Band e parceiros